Aves da planícia alagável do alto do rio Paraná

Márcio Rodrigo Gimenes
Edson Varga Lopes
Alan Loures-Ribeiro
Luciana Baza Mendonça
Luiz dos Anjos

Apresentação
Esta obra apresenta informações sobre a avifauna do último trecho significativo livre de reservatórios de hidroelétricas no rio Paraná, a “Planície Alagável do Alto Rio Paraná”, na divisa entre os Estados do Paraná e Mato Grosso do Sul. Em função da importância da área para a conservação da biodiversidade regional, durante a década de 1990, ela foi incluída no Sistema Nacional de Unidades de Conservação em duas categorias, originando a Área de Proteção Ambiental das Ilhas e Várzeas do Rio Paraná e o Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema.
São apresentados, aqui, registros de ocorrência das espécies de aves em diferentes locais da planície, cuja área foi dividida em três subsistemas: as regiões dos rios Paraná, Ivinhema e Baía. O leitor poderá obter informações sobre o tipo de hábitat freqüentemente utilizado por cada espécie na planície e alguns aspectos de sua biologia, tais como: tamanho; massa corpórea; hábitos alimentares e outras particularidades relevantes. Os textos foram redigidos de forma acessível, buscando apresentar informações científicas a um público heterogêneo, desde crianças a adultos, incluindo alunos interessados nas Ciências Naturais, ou mesmo profissionais da Ornitologia (ciência que trata do estudo das aves). Fotos são apresentadas para a vasta maioria das espécies, de modo a auxiliar na sua identificação, embora a presente obra não se trate de um guia de identificação de aves em campo.
A realização desta obra se fez possível devido ao apoio financeiro do Programa de Ecologia de Longa Duração (Projeto “A Planície de Inundação do Alto Rio Paraná: Estrutura e Processos Ambientais”, PELD – Site 6), do CNPq, do Programa de Pós-Graduação em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais da Universidade Estadual de Maringá (PEA-UEM) e do Instituto Ambiental do Paraná (IAP). A infra-estrutura de campo foi fornecida pelo Nupélia/UEM, pelo Parque Estadual das Várzeas do rio Ivinhema e pelos donos de propriedades privadas, os quais gentilmente nos acolheram.
OS AUTORES

Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s